segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Soluções alternativas a construção de Belo Monte!

(Assunto aberto a debates)

Muitos vídeos falam sobre a as altas perdas dos painéis solares para conversão de energia solar em energia elétrica! Realmente há e isso é considerável! Motores elétricos chegam a ter 97% de eficiência, o que dá muita credibilidade as usinas hidrelétricas! Mas as linhas de transmissão também oferecem percas e altos custos para transmissão de lá do meio do mato até nossa casa! Sem contar os inúmeros efeitos que a energia sofre e os caríssimos equipamentos para proteção!



Que tal painéis solares?


Segundo dados da ABRAVA, Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento, atualmente existem mais de 5 milhões de metros quadrados de painéis solares instalados no país, gerando 3689 megawatts.


Quando expostos à luz direta uma célula de silício de 6 centímetros de diâmetro chega a produzir uma corrente de 0,5 ampere a 0,5 volt, ou seja, cerca de 0.25 watts. O arsenito de gálio é mais eficiente.

Se eu não estou enganado isso equivale a aproximadamente 4 Watts por metro quadrado!
Vamos levar em consideração que os telhados tenham 100m quadrados. Isso dá 400 Watts hora! Que por 30 dias com 7 horas de sol por dia dá 84 KW mês!

Considerando uma produção de 11.000 MW em belo monte, 131 mil casas tendo painel solar já cancelariam essa necessidade!

Se levar em consideração São Paulo por exemplo... 11 milhões de habitantes! Vamos considerar 50 pessoas por casa!

São 220 mil casas! Só precisavamos de 130 mil casas com painéis solares para impedir Belo Monte! Ou seja, painéis solares podem sim ser a solução! (Multipliquem essa idéia no país inteiro, os números serão surpreendentes!)
Porém é uma solução descentralizada!
Imaginem essa produção sendo jogada direto na rede! Não precisaríamos de baterias, levando em consideração que o maior consumo é durante o dia e nesse período, muitas pessoas estão trabalhando!
Ao invés de somente as hidrelétricas ganharem, a própria população ganharia com isso, pois é um produto cuja venda é garantida!

Um inversor de frequencia custa muito caro, porém, isso se deve a baixa concorrência no mercado, o mesmo aconteceu com as lâmpadas fluorescentes (que na minha opinião, foram uma péssima alternativa! - veja o custo de descarte de uma lâmpada dessas - elas contém mercúrio, que é altamente prejudicial a saúde).

Que tal painéis solares misturados com geradores eólicos?

Talvez essa seria a mistura perfeita! Geradores eólicos com uma produção aproximada de 500W com uma velocidade de 13 metros por segundo, complementariam a produção de energia elétrica!



Todo esse conteúdo é muito caro, porém podem ser feitos em casa e com o aumento da procura, o preço pode cair significativamente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário